Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Quando se presta atenção.

Inês Galego, em 29.08.16

 

Quando estamos sentados numa esplanada por vezes não é fácil abstraírmo-nos dos vizinhos do lado e mesmo sem querer (pois às vezes até se quer...) ouvimos e vemos o que se passa.
Mesmo que não se diga,neste caso,que não se oiça,percebe-se.
E algumas das vezes até fantasiamos.Ou não.

 

20160423_171354.jpg

No ano passado e em férias penso que percebi um amor de juventude à séria,dos proibidos.

Dos que se vêem apenas de ano em ano,de férias nas casas de família e que tendem a crescer.
Daqueles em que a corda vibra à séria quando se toca pela primeira vez e que faz a pauta crescer pela vida fora mesmo que não se queira.
Comentei entre dentes com o meu Violino e prestei mais atenção.
De vez em quando lembro-me daqueles dois e tento ficar contente só porque existem,mas se soubesse que fazem alguma coisa para ficarem juntos,fisicamente e todos os dias,aí sim não precisaria de tentar.

 

Ela estava sentada com a família,filhos,sobrinhos,cunhados e irmãos. Ele chegou,o tempo retrocedeu e tudo o resto desapareceu. Ficaram eles e eu.Olhou para ela,tratou-a por miúda,ela tremeu,ele meteu-se por ali adentro e o acto do amor aconteceu.

Envergonhei-me,quis deixá-los a sós mas não fui capaz.Tapei os olhos com a mão esquerda mas espreitava entre o médio e o anelar.

 

Ali estou eu 30 anos atrasada e sem poder fazer nada.
Mas ninguém fez nada politicamente incorrecto há 30 anos para que eu possa estar a assistir a um beijo de lábios nos lábios?
Ao mesmo tempo,quem sou eu para dizer que não fazem amor sempre que querem?
Com certeza que fazem,têm de fazer pois uma força daquelas não é natural. Naturais são os iogurtes.
Eles fazem amor quando pensam um no outro.

Senti que aquele momento se repete há uma vida inteira.
Há com h. Há de haver.
A cumplicidade de 30 anos e a saudade de andar de mão dada,a correr praia fora sem pensar em mais nada.
Eu é que senti a injustiça de não poderem viver aquele amor de forma tradicional.
Porque eles...eles aproveitam o momento todos os anos,e na esplanada,à frente de todos.
E garanto-vos,durante o mês de Agosto inteirinho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 17:02




Comentários recentes



Mais sobre mim

foto do autor