Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O meu Rei

Inês Galego, em 19.03.17

 

20170319_204040.jpg

 

 

Este dia do Pai é especial.O Gustavo já interage,já brinca e eu também já olho para o meu Pai com outros olhos.

Com os olhos de Mãe.O sentido da Vida acontece e vejo nos meus Pais uma felicidade inteira e um extravasar de amor.

Feliz dia do Pai!

 

18.09.2016

Comecei a trabalhar e o meu Pai reformou-se.Uns começam de novo a dar o que outros deram.Tudo.
O meu adorado Rei.A necessidade do bem feito,do saber onde e porquê.Curiosidade interminável e necessidade de se saber sempre mais, porque não ocupa mesmo lugar.Somos pequeninos mas cabe cá muita coisa.E quanto mais crescemos mais cabe.Como o amor e o orgulho nos nossos.Então não cresce todos os dias?

 

Herdei dele o sentido de orientação, o gosto pela noite e ao mesmo tempo de acordar cedo.
Pensar mil vezes nisto ou naquilo mas continuar sem estar tudo pensado.Gostar de gostar,de estar e de ver.
Gostar da festa,de rir.Fazer parte de uma gargalhada dele é um privilégio e aqui não é por ser meu Pai.
É porque é de facto uma pessoa extraordinária.
Começou agora o nosso S.Mateus.O seu S.Mateus.E vai comer o torrão e voltar a ser pequenino.
Amigo como não há e querido por muitos.Orgulho de ser sua filha e de ele ser meu Pai.São coisas diferentes.
Emocionamo-nos com pouco.É preciso é ser genuíno e temos a perspicácia de o perceber ao longe.Às vezes, e falo por mim, preferia não a ter.

 

Mostrou-nos na estrada tudo o que pôde e o resto continua a mostrar-nos através dos seus olhos que viajam todos os dias por este maravilhoso Mundo fora.Interessa-se por tudo e de tudo sabe.E o que sabe por completo é que não sabe tudo e que tem sempre muito para aprender.Sábio o meu Pai.
A minha Mãe teve muita sorte e eu sempre quis um como ele.

De pequenina percebia-os a namorar e cedo percebi que não tinha nascido do ar,não sabia bem de onde,mas do ar não tinha sido.Só sabia que tinha vindo ali do meio daquele amor todo.E como continuam a namorar nasceu o neto,que Grande este Amor é.

 

O meu adorado Pai e agora meu adorado Avô.O meu exemplo juntamente com a minha adorada Mãe.E sei que posso fazer destas minhas últimas palavras as palavras do meu irmão.Sentido de família=união=somos um só.Cada um no seu Mundo e ao fim do dia todos à mesma mesa no aconchego do ninho.
Somos filhos e pais do amor,da educação e do respeito.Do obrigado,do desculpa e do se faz favor, tal e qual o que o Papa Francisco propôs há pouco tempo.O maroto anda a ouvir-nos as conversas,omnipresente como o "outro" Pai?
Se for preciso ainda hoje sou repreendida à mesa com o meu filho ao colo.

 

Agora e enquanto Mãe começo a percebê-lo mais um bocadinho."Filha és,Mãe serás".O querer que saibamos e conheçamos sempre mais,melhor e porquê.Frases de jornais/revistas/livros sublinhadas e chamadas de atenção disfarçadas.Lês/vês se queres mas aconselho-te a fazê-lo.

O conselho dos mais velhos tem muito que se lhe diga e provavelmente um dia dará outro texto.
No entanto consigo resumi-lo agora:segue-o.

 

Obrigada Pai,és o Melhor.Mesmo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 21:08


1 comentário

De Miguel Franco a 19.03.2017 às 22:31

Tudo dito....

Comentar post




Comentários recentes



Mais sobre mim

foto do autor