Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O chapéu do Inspector Gadget

Inês Galego, em 31.07.17

Inspector.jpg

 

 

 

Fiquei de te escrever mas é que não sai.Desculpa.Sinto que não há,procuro muito cá dentro mas não encontro.

 

Para onde vão?Onde estão? Só consigo escrever que me diminui o não conseguir sentir e ao mesmo tempo que sinto muito não ter o que te dizer. Não te zangues que não é só para ti.Hoje vai ter de ser simples e dizer-me:

- Não insistas e sente o cheiro à terra molhada.

 

Pingalhoou há pouco e gosto da coisa trocada.Que chova no Verão e que faça sol no Inverno.

E quando não dá,não dá.

Sempre fui assim.Quando me desiludo à séria não sou capaz de mais,muito menos de fingir.Talvez seja dura,não quero que assim seja mas não mando nela.O meu sorriso e a minha postura delatam-me.

A naturalidade foge a 7 pés e eu preciso de um buraquinho ou do chapéu do Inspector Gadget para fugir dali.

 

Há muitas em que não mandamos e às vezes prejudica-nos em certas situações.

Mas mesmo que fosse boa actriz,não seria com certeza nessas cenas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 20:06




Comentários recentes



Mais sobre mim

foto do autor