Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



No Dia da Mãe parabéns a todas!

Inês Galego, em 07.05.17

20170504_090925-1.jpg

 

 

Há mães de filhos, de pais, de irmãos, delas próprias.E são todas as mais bonitas.Há também as mães sem pais ao lado para criar as crias,que são as super-mães,assim como há os super-pais.Há madrastas que são mães e mães que são madrastas.Há mães que não conhecem os filhos,outras que os perderam,mães que nunca tiveram filhos e que lutam pelos filhos das outras e mães que não conseguem ser mães.

 

Há as que não quiseram ser e as que sempre o quiseram. Há as que deram a barriga a outras e as que não conseguiram na barriga delas. A todas, mas principalmente a estas e aos que os criam sózinhos, parabéns.

 

Para mim ser Mãe é querer viver muito tempo para o ir espreitando e acolchoar-lhe um bocadinho o alcatrão.É mostrar as garras à séria,quando necessário, porque a cria é minha.É voltar aflita do infantário quando fica a chorar.É ter de dar uma palmada na fralda porque quando não se pode, é porque não se pode.É parar de vez em quando e imaginar como será amanhã.É estar cansada mas continuar quase constantemente a pensar no que é necessário, no que deveria ser feito ou o que poderá vir a acontecer.É ter o maior orgulho,porque, como todos os outros filhos, é mesmo o mais bonito.É agradecer por ser saudável e pedir a Deus para assim continuar.Ele e os outros.

 

É olhá-lo nos olhos e sermos um só.É a gargalhada mais pura e o aperto inarrável do abraço que já dá.A cumplicidade.É olhá-lo no meio dos outros meninos e interrogar-me como é possível este milagre?Nós mulheres vamos fazendo nascer o Mundo e na maior parte dos casos criamo-lo.Que responsabilidade esta.Criá-lo e educá-lo como quero que viva nele.Com o ão-ão, com o piu-piu e com o quá-quá.

 

Áquelas que escolheram não ter filhos, parabéns também.Infelizmente, como ainda não é natural nesta sociedade escolher,neste caso escolher não ter filhos, também penso dever sublinhar a questão no texto.E agradecer.Obrigada por não cederem a pressões que soam a brincadeira mas que não o são e que se tornam incovenientes como tudo.Que magoam e que não percebem que somos muito mais do que parideiras. Que há quem não queira ter filhos. Obrigada por serem vós próprias.Há quem não compreenda,temos pena.E vocês também são muito bonitas, tão bonitas como nós.

 

Parabéns a todas!!!

Obrigada Mãe, adoro-te*

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 18:59


2 comentários

De Sara Fonseca a 09.05.2017 às 10:16

Enquadrando-me na categoria "Madrasta", asseguro que também sou mãe, com a diferença de não ter parido.
Lindo texto. Beijinho com saudades!

De Carla Carvalho a 08.05.2017 às 17:38

Lindo! Adorei! Muito bom mesmo. Grata Inês ❤

Comentar post




Comentários recentes



Mais sobre mim

foto do autor