Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A Terra do Nunca

Inês Galego, em 21.06.17

 

Emplastros.jpg

 

 

Há quem queira aparecer na fotografia (como a pessoa do lado esquerdo) mas fica-lhe bem, além de ficar sempre bem em qualquer sítio e em qualquer circunstância. Sempre gostou de fotografias e além de ser fotogénico iremos ensinar-lhe que não devemos aparecer naquelas fotografias onde não pertencemos.Onde não fazemos sentido.Que não é de bom tom, que é falta de educação até.

Emplastros portanto.

 

Em alturas de confusão seja ela qual for ou,como agora,infelizmente,de calamidade,há sempre quem queira protagonismo à custa dos outros, à custa da desgraça alheia e até de quem está a trabalhar.E repito, a trabalhar.Com a alma apertadinha e o corpinho a penar,em condições que não imaginamos porque estamos cá deste lado ao fresquinho. 

 

Não só nestas situações gravíssimas, mas em muitas, neste País, é isto que acontece:

 

- Nunca nada está bem.

- Nunca nada vale a pena.

- Nunca nada é de louvar,ou até simplesmente bom.

- Nunca se deve tentar porque,afinal,não se vai conseguir.

- Nunca elogiar ninguém porque eu é que represento a perfeição.Era o que faltava.

- Nunca perdoar.Perdoar?Disseste perdoar?O que é isso?

- Nunca acreditar que se deve lutar para corrigir o que está mal porque há interesses metidos lá pelo meio,  portanto,voltamos ao nada vale a pena.

- Nunca tentar porque remar contra a maré dá muito trabalho. 

- Nunca pensar que todos os dias há quem precise de nós.Nem que seja de um simples Bom dia.

 

 

Nunca? Disseste nunca?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 13:32




Comentários recentes



Mais sobre mim

foto do autor